Não Cumulatividade do PIS COFINS

São contribuintes do PIS e da COFINS não cumulativas as pessoas jurídicas que auferirem receitas, independentemente de sua denominação ou classificação contábil. Essas receitas compreendem a receita bruta da venda de bens e serviços nas operações em conta alheia e todas as demais receitas auferidas pela pessoa jurídica.

Instrumentos financeiros

Um instrumento financeiro é um contrato que gera um ativo financeiro para a entidade, e um passivo financeiro ou instrumento patrimonial para outra entidade.

Politicas contábeis a luz das IFRS para MPE

As políticas contábeis são princípios específicos, bases, convenções, regras e práticas, aplicadas pela entidade na elaboração e apresentação de demonstrações contábeis.

Demonstrações Contábeis Consolidadas

As demonstrações contábeis consolidadas devem divulgar as seguintes informações:

O SPED e as suas singularidades

Hoje se discute muito no Brasil, o custo dos tributos que incidem sobre a receita das empresas, que é um dos maiores do mundo, porém além deste fator temos um outro mais grave que vem a ser o SPED.

Principais Atribuições do Administrador Financeiro

As funções do administrador financeiro na empresa podem ser avaliadas em relação às demonstrações contábeis básicas da empresa.

Preparando a Declaração de Imposto de Renda de 2013

Conversando com uma cliente que nos procurou para falar sobre a Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física a ser entregue em abril deste ano, lhe respondi que este é o momento ideal de começar a preparação para 2013.

Relevância das Informações contábeis

A Contabilidade desde o principio tem como papel fornecer informações que venham auxiliar na tomada de decisão e isso vem se tornando uma poderosa ferramenta para os administradores. De acordo com o Iudícibus (1994, p.26) “o objetivo da contabilidade é de fornecer informação econômica relevante para que cada usuário possa tomar suas decisões e realizar seus julgamentos com segurança, a partir daí, o usuário possuir parâmetros para definir suas projeções, tomar decisões com a segurança necessária e baseada em fatores confiáveis.”

Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido

A elaboração da demonstração das mutações do Patrimônio Líquido é facultativa e, de acordo com o artigo 186, parágrafo 2º, da Lei das Sociedades Anônimas, a demonstração de lucros ou prejuízos acumulados poderá ser incluída nesta demonstração.

Estrutura e Divulgação das Demonstrações Financeiras

De acordo com o artigo 176 da Lei 6404/76, as demonstrações contábeis obrigatórias até 31/12/2007 eram: o balanço patrimonial, a demonstração dos lucros ou prejuízos acumulados, a demonstração do resultado do exercício, a demonstração das origens e aplicações de recursos e as notas explicativas.